RSS

O Crime de Lorenzo Carvalho

19 Ago

Cara Judite de Sousa,

Lorenzo exibe o que tem, é aberto e fala à vontade. Sócrates é dissimulado, mentiroso (aquela de não ter dinheiro e viver de créditos…) e esconde tudo o que tem.

Lorenzo adquiriu a sua fortuna por via de herança, e esta foi conseguida de forma honesta (sim, pois se não fosse então é que era). Sócrates era um aspirante a engenheiro sem posses no início da sua carreira e nunca fez nada sem ser política, enriquecendo ninguém sabe como ao certo.

Em resumo, um é aberto e teve sorte. O outro é dissimulado e roubou os Portugueses. No dia em que for assim com Sócrates, Isaltino, Valentim Loureiro, Fátima Felgueiras e outros que tais, aí pode ser coerente. Até lá deve um pedido de desculpas ao miúdoAté pelas diversas mentiras que foram ditas sobre ele na reportagem que passou antes da entrevista (a idade, pagar 1M para correr, sonho de correr na F1). E até pelo ataque de ganância e inveja.

Um conselho: Não use a sua posição para julgar ninguém. Ser privilegiado não é crime.
Enriquecer por roubo sim. Relembre-se disso.

PS: E sobre as finanças pessoais da Judite… Lindo vestido. Quanto contribui para caridades para compensar (como tem que fazer, dada a sua ideologia bem passada no seu tom)? Já agora, quanto doa a caridades, em percentagem dos seus rendimentos?

PS2: Isto nem é uma defesa do Lourenzo. Eu faria muita coisa de forma diferente. Mas como disse o Carlos Sá Carneiro, “A Judite de Sousa fez bem mais pela popularidade do Lorenzo do que pela do Fernando Seara.” (Ex1Ex2Ex3Ex4Ex5)

Adendas a partir de outros blogs

Arrumadinho. Excerto:

Queria recordar um episódio que se passou com Judite Sousa há três anos. A revista SÁBADO fez-lhe uma entrevista e, em determinada altura, o jornalista perguntou-lhe quanto tinham custado os sapatos que ela usava. A sua resposta foi esta: “Ninguém tem nada a ver com a forma como eu gasto o meu dinheiro”. Pois não, cara Judite. Tem toda a razão. Também ninguém tem nada a ver com o facto de ir de férias para hotéis que custam largas centenas de euros por dia, nem ninguém tem nada a ver com o facto de gastar aos mil e dois mil euros em carteiras e sapatos. O dinheiro é seu, gasta-o como bem entende. E não é a actual conjuntura económica nacional que muda isso. Mas deverá “ter noção” que os seus gastos podem chocar quem menos tem. Ou então não. E depois? Vai deixar de fazer o que quer por causa disso? Vai deixar de ir de férias para onde entende por causa disso? Vai passar a vestir-se e a calçar-se na Bershka e na Zara por causa disso? Não me parece. E acho muito bem que continue a levar a vida que bem quer, e que pode levar.
Também não entendo porque é que Judite Sousa não teve esta mesma postura inquisitória nas muitas entrevistas que conduziu com banqueiros e poderosos que já estiveram naquela mesma cadeira, ontem ocupada pelo Lorenzo. Que eu saiba, são pessoas que ganham milhões, que vivem em mansões, que passam férias em resorts de milhares de euros por dia, que conduzem carros acima dos 100 mil euros. E a esses, nem uma pergunta sobre gastos extravagantes? Pois, já sabe que com essas a conversa é outra, não é.

Aventar:

Eis a pergunta que a Judite de Sousa pode fazer numa das suas próximas entrevistas. A Pais do Amaral. Ou a Belmiro de Azevedo. Ou a Américo Amorim. Ou a Ricardo Salgado.
Há tantos a quem pode perguntar isso. Não acredito é que tenha coragem.

Vida de Mulher aos 40:

Lorenzo Carvalho, o puto que pôs a Judite de Sousa a um canto.

Só tem 22 anos, é multimilionário, deixou a escola aos 16 anos mas deu uma lição de humildade,maturidade e respeito à famosa jornalista Judite de Sousa.

preconceito existe. Seja pela cor da pele, pela religião, pelo género e agora também ficamos a saber, pelo valor na conta bancária.

Judite de Sousa, ignorou o seu código deontológico de jornalista e conduziu uma entrevista preconceituosa, criticou um rapaz de 22 anos apenas por ser rico. Judite quis fazer crer aos espectadores que Lorenzo Carvalho, na usa condição de bilionário teria a obrigação acabar com todos os pobres do mundo. A mesma Judite de Sousa que ganha um ordenado milionário na estação de televisão onde trabalha.

O que a Judite Sousa faz ao seu dinheiro, a mim não me diz respeito. Da mesma forma de que o modo como Lorenzo Carvalho gasta o seu não diz respeito à Judite nem a nenhum português.

Eu fico feliz por saber que há Lorenzos a gastar os seus milhões em Portugal. Com isso só ajuda o país e os portugueses.

O rapaz mostrou uma enorme humildade, respondeu a todas as questões com toda a calma, explicou que ajuda muitos “sempre que toca o seu coração”. É bonito saber que ajuda. Podia ter perguntado à Judite quantos ajuda com os 25.000€ que recebe mensalmente. Não perguntou. Deu-lhe uma bofetada de luva branca. Teve a maturidade de se manter alheio às críticas e ficou muito bem na fotografia. Eu nem sabia quem era o  rapaz, apesar de ter ouvido que um milionário tinha trazido a Pamela Anderson à sua festa de aniversário no Algarve. Com esta entrevista ganhei um enorme respeito por este rapaz, de bons valores e… milionário. Deve ter defeitos, como todos os seres humanos, nas o facto de ter dinheiro não o torna um criminoso, nem o responsável pela pobreza no mundo.

Quem queria pisar, achincalhar é que ficou muito mal na fotografia! Judite a inveja é uma coisa feia!

Para saber mais: DN – Quem é este miúdo?.

Adendas a partir do Facebook

1185603_1403177199907855_1809321363_n

E finalmente, o comentário de Tomás Vasques: PURO VENENO | Li tantos comentários, por aqui, sobre uma entrevista de Judite de Sousa a um miúdo brasileiro, podre de rico, de nome Lorenzo Carvalho, que me obrigaram a ver a dita entrevista. Conclusão: Judite de Sousa já teve oportunidade de fazer as perguntas que fez ao miúdo ricalhaço a muita “boa” gente: banqueiros, empresários e alguns políticos da nossa praça, aliás, com muitos dos quais convive em festas caras e outras romarias. Nunca os confrontou desta maneira porque faz parte do elenco. Qualquer estudante de psicologia do 1º ano diria: Judite de Sousa mostrou o seu ressabiamento por não ter sido convidada pelo puto para a sua festa de aniversário.

Reacções

Marcelo Rebelo de Sousa:

Eu estou habituado ao seu tom. A Judite é incisiva (…) e tal como toda a gente tem dias mais incisivos e menos incisivos. Naquela noite estava particularmente incisiva.

Judite de Sousa:

“Não estive num dia particularmente feliz, concordo consigo, o tom da entrevista foi desajustado e o tempo da entrevista foi demasiado longo”

Lorenzo:

Minha entrevista no noticiário da TVI com Judite Sousa: http://www.youtube.com/watch?v=704uGhswYwU

P.S. – todo o profissional tem seu estilo e maneira de fazer as coisas. Acredito do fundo do coração que a jornalista não foi mal intencionada mas consigo perceber as interpretações que geraram a polémica e por isso agradeço a todos pelas centenas de mensagens de carinho. Vocês estão no meu coração! Portugal é super gente boa… Understand!!!

judite sousa lorenzo carvalho

 
3 Comentários

Publicado por em 19 de Agosto de 2013 em Brasil, Cartoons, Cultura, Portugal, Videos

 

Etiquetas: , , ,

3 responses to “O Crime de Lorenzo Carvalho

  1. Joao Mendes

    4 de Novembro de 2013 at 13:21

    A inveja da repórter é nítida e nos deixa muito triste…acho que ela tá precisando de levar pica!!! O Lorenzo foi humilde, podia ter mandado ela ir a merda se quisesse, afinal, tem dinheiro!

     
  2. Carlos Terres

    12 de Janeiro de 2014 at 21:20

    Dá-lhe Lorenzo!
    Imaginem se ele tivesse estudo! Que classe! Não escorregou para a baixaria como a “entrevistadora” queria; manteve-se calmo, sereno, em resumo: SUPERIOR! Já Judite, porejava inveja da mais azeda…

     
  3. Matias

    7 de Fevereiro de 2014 at 18:53

    Sinceramente acho que há aqui uma confusão clara. Uma coisa é querer chamar o Lorenzo à razão por ostentar de mais, por mostrar de mais num país em que há gente a passar fome, outra coisa é a forma como ela o fez – péssimamente, muito má profissional, havia formas de perguntar a mesma coisa mas com respeito e profissionalismo.

    As perguntas que ela fez foram ofensivas e não se fazem, é feio, mas até as consigo perceber, basta ir à página do facebook do menino e ver garrafas de 5mil euros a irem a baixo, prostitutas privadas, armas, carros, etc etc, e a pergunta é: “para além de se mostrar a gastar dinheiro, você faz mais o quê?” e era aqui que a jornalista queria chegar, mas não o soube fazer.

    Na minha opinião, acho bem que ele viva à grande todos os dias mas que respeite sempre o vizinho do lado, o pobre sem sopa e que “tire o ouro do peito” nos locais certos. Se fosse eu se calhar até fazia pior, mas como não sou penso assim.

     

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: